quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Novo Complexo Policial da área Itaqui-Bacanga garante mais segurança e celeridade no atendimento às ocorrências


Responsável pela segurança e investigação em 53 bairros, o Complexo Policial da área Itaqui-Bacanga vai reunir Polícia Militar e Civil numa iniciativa inédita do Governo do Estado. A área Itaqui-Bacanga está pronta para receber, oficialmente, um novo equipamento de segurança para a região. O Complexo Policial da Área Itaqui-Bacanga será entregue pelo Governo do Estado, nesta quinta-feira (10), a partir das 15h, para a população ludovicense.

Unindo as Polícias Civil e Militar em um mesmo espaço, o novo Complexo é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e a Vale, para garantir que as forças de segurança se aproximem ainda mais dos moradores de uma das regiões mais populosas de São Luís, a área Itaqui-Bacanga

“Há 30 anos o 1º Batalhão da Polícia Militar funcionava no Outeiro da Cruz, bairro que não faz parte de nossa cobertura. Mas com a criação do Complexo de Segurança, passa a funcionar no Anjo da Guarda, localização estratégica para o deslocamento das equipes e para o melhor atendimento da população, melhorando a relação entre polícia e sociedade, além de aproximar a corporação da sua área de cobertura”, conta o subcomandante do 1º BPM, major Cláudio André.

O novo Complexo terá a presença da Polícia Civil e vai reunir, além do 1º BPM, a 2ª, 3ª e 5ª Companhias de Polícia Militar, que incluem o Esquadrão Falcão (policiamento de motos) e o Grupo Tático Móvel. Foram levados para a área o plantão do eixo Itaqui-Bacanga, em substituição ao antigo plantão da Vila Embratel, localizado dentro do bairro; e a delegacia do Anjo da Guarda, que saiu de um prédio inadequado para ser instalar no novo prédio. Outra unidade que passa a funcionar no Complexo de Segurança é a Seccional da área Sul, que reúne equipes de investigação da Polícia Civil.

A parceria firmada entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) se deu por meio de doação de seis casas nas proximidades do terminal ferroviário de São Luís para a instalação dos novos endereços da Polícia Militar e da Polícia Civil. Em contrapartida, o Governo do Maranhão garantiu a instalação das novas unidades, reafirmando o compromisso de manter as forças de segurança mais presentes na região e aproximando as ações do poder público e privado.

Redução de índices de violência

O subcomandante do 1º BPM, Cláudio André, explica que o novo endereço do BPM e a criação do Complexo de Segurança já têm ajudado na redução de crimes na região Itaqui-Bacanga. “A relação de proximidade entre o batalhão e a área de nossa cobertura é tão importante que já temos registros de redução nos números de assaltos a ônibus, que em referência ao período de janeiro a agosto de 2016 tiveram queda de 62% este ano, passando de 37 para 14 ocorrências”, disse.

Outro índice com registro de redução foi de homicídios, que segundo o major chega a 45%. “No período de janeiro a agosto de 2016 e 2017, reduzimos de 42 para 23 os casos de homicídios registrados em uma das mais populosas áreas da cidade, que conta com 53 bairros e, aproximadamente, 200 mil habitantes. Esse é um grande passo que foi dado com a proximidade entre batalhão e população de sua área de cobertura”, afirmou o subcomandante do 1º BPM.

Policiamento na UFMA

Ainda faz parte da área de cobertura do Complexo de Segurança o Campus Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que desde o início do ano conta com policiamento ostensivo, diuturnamente, de soldados da Polícia Militar.

Sobre o 1º BPM

Atualmente, o 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM) conta com mais de 300 policiais, divididos entre as 2ª, 3ª e 5ª Companhias de Polícia Militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.