sexta-feira, 11 de agosto de 2017

OPERAÇÃO JANSEN POLÍCIA CIVIL PRENDE SETE ACUSADOS COM 100KG DE DROGA AVALIADOS EM R$ 200 MIL REAIS


Por Carla Andrade 
A Polícia civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) apresentou, na tarde desta quinta-feira (10), sete acusados de uma facção da região metropolitana de São Luís. A Operação já vinha sendo realizada há quatro meses e tinha como principal objetivo localizar e prender os líderes da organização criminosa. Com a quadrilha foram apreendidos 100kg de entorpecentes, avaliados em R$ 200 mil.
Os principais pontos de comercialização da droga estavam localizados nos bairros São Francisco, Cohafuma, Renascença e Ilhinha, por meio de uma “rede” bem articulada que contava com a participação de um taxista, identificado como José Catarino Pacheco, encontrado no São Francisco, onde também foram capturados Samy Martins, Rogério Campos Fonseca, o “Louvor”, e José Raimundo Nonato Ferreira Pereira, conhecido como “Bibi”. Com eles foram encontrados 20kg de droga explicou o delegado Carlos Alessandro. Além deles, também foram presos Wesley da Silva Costa, o “Guri”, Aline Auricéria do Nascimento e Brayson da Silva, que também faziam parte do bando, capturado no bairro do Cohafuma, e com eles a quantidade expressiva de 60kg de maconha.
Durante toda a Operação Jansen foram apreendidos 100kg de droga, estimados em R$ 200 mil. O lucro sobre a venda e comercialização do material deu a oportunidade a um dos integrantes do bando “Louvor” de levar uma vida de luxo. Exemplo disso é sua casa exuberante localizada no São Francisco, rua 2, totalmente mobiliada.
Os detidos foram encaminhados para o Centro de Triagem da Penitenciária de Pedrinhas, onde estão à disposição do Poder Judiciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.